Torres

Situada no Norte do Estado, já na divisa com Santa Catarina, Torres é a praia mais bela do litoral gaúcho. Aqui temos um dos mais belos cartões postais do RS, o Parque da Guarita, idealizado pelo ambientalista José Lutzenberger com a ajuda do amigo Augusto César Cunha Carneiro, advogado e ecologista que fundou com Lutzenberger a AGAPAN (Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural), em 27 de abril de 1971.

Meu guia pela cidade e pelo Parque, é o próprio Carneiro, com disposição invejável do alto de seus 84 anos. Durante o passeio, me conta que em 1973 o governador Euclides Triches decidiu fazer o grande Parque em Torres. Com isso, chamaram Burle Marx para projetá-lo. Na primeira vinda deste a Porto Alegre, Lutzenberger foi chamado para participar das reuniões e da visita a Torres. Então, Burle Marx insistiu em que, para que ele pudesse fazer o projeto e executá-lo, Lutzenberger fizesse um levantamento biológico e ecológico da área. De posse desse levantamento, Burle Marx fez dois anteprojetos. Infelizmente, parece que os mesmos foram criados por membros de sua equipe, sem quase respeitar o levantamento: formas geométricas abstratas, que não levavam em conta a complexidade da paisagem. A CRTur e a Secretaria de Turismo do Estado, começaram a executar os trabalhos. Além dos planos paisagísticos, foi feito um anteprojeto para uma construção mirabolante: um centro de convenções com a forma de um gigantesco disco voador de concreto. Foi começado o estanqueamento para esse monstro arquitetônico, consumindo muito dinheiro e trabalho. No meio das obras, já vendo o absurdo do empreendimento, com seus altíssimos custos e enfrentando dificuldades orçamentárias, a CRTur resolveu abandonar o projeto de Burle Marx e assinar contrato com Lutzenberger para fazer um paisagismo mais ecológico, que valorizasse a beleza e características naturais da área. O trabalho de Lutz foi imediatamente iniciado, e a solução que ele encontrou para fazer desaparecer as estacas de concreto, foi cobrí-las e transformá-las no anfiteatro com seu laguinho e o palco circular. Quanto a Burle Marx, o mesmo expressou que as soluções encontradas por Lutz eram bem mais adequadas.

Não só pelo Parque da Guarita, mas também pela Ilha dos Lobos, Parque de Itapeva, Morro do Farol, Lagoa do Violão e toda sua Topografia; Torres ainda é ponto de parada obrigatória para turistas que viajam pelo nosso estado.

(Texto também publicado no jornal Correio do Povo do dia 03/11/2006)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s